O que a redação do ENEM tem a ver com inteligência emocional?

As mãos suam, o traço da caneta fica mais inseguro e o ponteiro do relógio parece escorregar. Familiar?

Nós sabemos que no momento da prova, aquela redação parece o texto mais importante da sua vida. Afinal, durante o ENEM, o nervosismo costuma ser um obstáculo.

Mas, nós não precisamos nos sentir rendidos pelo medo. Pois, como dizemos dentro do programa LIV, não podemos escolher o que sentimos, mas podemos escolher o que fazer com nossos sentimentos.

Nessa hora, é preciso olhar para dentro, respirar e lembrar que toda sua trajetória escolar te preparou para esse momento. Fazer isso pode não ser um processo fácil, e é aí que a inteligência emocional pode fazer toda a diferença.

Pausar e respirar é um exercício de autorregulação, assim como para se concentrar e continuar é necessário perseverança. Para elaborar um texto cujo tema você acabou de descobrir também demanda criatividade e pensamento crítico.

As habilidades socioemocionais e a inteligência emocional são suas aliadas durante esse e outros desafios. Por isso, nossos alunos que participam do programa LIV são estimulados a desenvolver, não só o conhecimento técnico, mas também o conhecimento de si.

Fonte: Redes sociais LIV – Laboratório Inteligência de Vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: